05 fevereiro 2009

a caminho dos 30 II

Não é que eu tenha alguma coisa contra os 30. Deve ser giro isso de ser adulto, responsável, auto-consciente, sereno e tal. O problema é que ainda me apetece bastante mais os 20, com todas as coisas boas e más que têm.

3 comentários:

Vera disse...

Ó pá comigo era ao contrário, já não me via nada nos 20. Até porque o meu gajo já estava a entrar nos 40 e não me apetecia sentir-me filha dele, LOL.

snowgaze disse...

quem é que disse que aos 30 tem que se ser responsável e sereno e auto-consciente? ninguém me avisou... :P

Inesa disse...

O problema dos 30 não é o que mudamos, não é o aumento de responsabilidades. O problema dos 30 é a forma como os outros nos passam a ver. Se queres que te diga, cá a mim, pouco me importa o que pensam os outros. Eu não faço tensões de mudar. Não vou passar a vestir calças de vinco, usar os casacos pelas costas, tratar as pessoas por vocês, exigir que me tratem por Sra. Dra.! Eu cá vou fazer 30 daqui a 15 dias e vou continuar a olhar-me ao espelho e pensar que tenho 30 anos mas muito bem conservados!
E tu não preocupes que ainda te falta bastante tempo!