13 maio 2009

festas na cabeça

Às vezes, é só disso que precisamos.
(e não de uma análise exaustiva do que nos angustia, do que nos faz chorar, do que nos preocupa. O meu vizinho arrumadinho é que me percebe)

3 comentários:

Inesa disse...

Percebo-te perfeitamente mas reconheço que sofro do vício de fazer análises exaustivas da angústia... da minha e da dos outros. Desculpa se já passaste por isso comigo. Sabes que basta dares-me um toque que eu paro. Pelo menos tento!

Vera disse...

É, não é?!!! Já o Rui é mais de análises exaustivas!!!

gralha disse...

Inesa, estás inocente.
Vera, como te compreendo!