03 novembro 2014

afinal o poço ainda não secou

Tinha para aqui em rascunho um post a fazer queixinhas de como a ficção televisiva parecia ter esgotado os argumentos, mas depois apareceu o Transparent. Já lá vamos. Antes disso, depois de uns primeiros episódios felizes do The Knick, reparei no tom displicente e sou-coitadinho-mas-não-tenham-pena-de-mim do Clive Owen. Dá-me ideia de já ter visto um médico drogado e bruto em qualquer lado. E o pior de tudo: o pessoal hospitalar anda todo enrolado ao quinto episódio (spoiler alert, ahah). Por que é que a Shonda Rhymes tem de meter o bedelho em tudo quanto é série? Os canais mainstream já comeram a carne e roeram o osso, agora ainda acham que conseguem chupar o tutano do personagem problemático e socialmente inconveniente que é, na verdade, um grande herói dotado de superior sentido de humor e irresistível sex appeal. Caramba, deixam-me tão agastada que desato a multiplicar adjectivos e estrangeirismos, e eu que andava a esforçar-me tanto por me deixar disso. Só quero uma coisa bonita para ver antes de começar a babar a almofada.
E chegamos então ao Transparent, pela mão da Leididi - por falar nisso, já conhecem a Cardinal, uma revista assim toda very nice? - Ora, Transparent não me faz babar a almofada, é bastante disfuncional, mas é mesmo bonita. Até o genérico, e toda a gente sabe como o genérico é importante. O The Knick não tem genérico. Afinal ainda não tinha acabado a maledicência. Já o Transparent é uma daquelas séries muito me, me, me e now, now, now. O pessoal acelerado e egocêntrico (como eu) poderá ir além do que é aparentemente uma bela tragicomédia de costumes e parar para pensar um bocado na vida, e em como já ia sendo boa ideia desacelerar e reparar nos outros. Enfim, se calhar estou a ir longe demais, é só uma série, não merece tanto entusiasmo. Nota-se muito que voltei a beber café?

10 comentários:

dona da mota disse...

ahahahaahhahahah, nota-se que voltaste a beber café, embora possa ser só eu, que reduzi de 6/7 para 2 que não te acompanho, aahahahaahahah (Motivo: retenção de líquidos, sabias que o café faz destas???)

gralha disse...

Retenção de líquidos?? Mas o café é diurético :S

Melissinha disse...

Respect the Knick!

Vou procurar transparent já.

gralha disse...

Pá, começou a chatear-me aquilo tudo, Melissa. E nem cheguei a mencionar as questões raciais (entra solo de violino)... Ide procurar Transparent, que te faz melhor.

mm disse...

Continua a beber café que a gente gosta :)

mãe disse...

Posso sugerir uma ? Eu sugiro na mesma: Satisfaction. Gostei. Ainda que o último episódio da primeira volta tenha sido assim um pouco, bah, mas gostei.

gralha disse...

Continuo pois, mm :)

As sugestões são sempre bem vindas, mãe. Vou espreitar.

calita disse...

De que falas tu? em que canal passam essas séries? Ando eu aqui entravada na minha novela mexicana (Anatomia de Grey), enquanto vocês deliram com coisas novas e eu não sei de nada. Como é possível?

gralha disse...

Calita, não falo porque reservo o meu direito a não me incriminar.

triss disse...

The Killling 1 e 2, muito bom.
beijinhos dona gralha:-)