26 agosto 2009

o que vai e o que fica

Não vamos propriamente para uma ilha deserta (diz que aquilo até tem um restaurante japonês e tudo), mas temos de fazer uma selecção muito grande ao que vamos levar para Princeton. Felizmente, sou uma pessoa muito desprendida de tudo quanto é bem material. Felizmente, tenho muito pouca roupa - e, sim, ao contrário do que pensa o meu marido, poucos sapatos e malas. Felizmente, tenho a música toda que interessa no iPod. Custa-me deixar os livros - e deixo tudo, menos uma colectânea de poesia portuguesa, dicionários e dois livros de apontamentos. Deixo o meu baú do tesouro, com os meus diários e os artefactos da minha adolescência. Levo o MacBook, a roupa essencial (o resto é para dar), fotografias, um galo de barcelos, a Bimby, o faqueiro (não dispenso os talheres de peixe), e muitos brinquedos do Gugas. O que é que isto dirá de mim enquanto pessoa?

3 comentários:

Inesa disse...

Bem, de repente fiquei com uma angústia... Primeiro porque o dia está quase a chegar e depois porque me imaginei no teu lugar! Como é que eu conseguiria escolher o que levar e deixar??? Quais dos meus cento e tal sapatos e dezenas de malas teria de abandonar??? O que é que é roupa indispensável??? Ao contrário de ti, não sou nada desprendida (infelizmente), sofreria horrores! E não, Sr. Gralho, não sabes o que são muitos sapatos e muitas malas!!!

Nucleão disse...

Se calhar não sei não... Já tinha ouvido falar das tuas centenas...

Vera disse...

Eu era gaja para me mudar com a roupita d corpo, LOL. Já o Rui, bem... quando se mudou da Africa do Sul para cá trouxe as mobílias de quarto (casado e solteiro) e computadores estragados as que podem sempre dar jeito, componentes informáticos que não têm conta, quilos de roupa, 12 gatos, 5 cães e 2 papagaios... mas era uma mudança definitiva, entenda-se. Foram contentores para a mudança e centenas de papelada para os animais. Mas agora para a nossa casa as mobilias dão MUITO jeito!!! :)
Como disse a Inesa o tema em si e a tua mudança em particular causa uma angustia... beijinhos!!!