26 fevereiro 2010

fico

Já estou habituada ao tamanho XXL de tudo. A neve chateia menos do que a chuva e a humidade constante que ameaçam tornar-se típicas do nosso país. Este é um lugar tranquilo e lindo, como o devem ser os lugares da infância, da infância dos meus filhos. Quero que estejamos juntos e se, por agora, tem de ser aqui, é aqui que fico.

2 comentários:

Ana C. disse...

E ficas bem :)

Vera disse...

Ainda bem minha amiga! Aproveito a boa onda pois ando a ver se o Rui se atira a uma oportunidade também fora de Portugal mas que comparada com a vossa é já ali, numa ilha onde se fala inglês, se conduz pela direita e não se usam euros...dificil, hã?!!!
Ele não gosta nada disto, seria por 4 anos, em principio e os meus plano fugiam ainda mais milhas daquilo que me ouviste sempre apregoar mas sei de certeza que seria muito bom, apesar de tudo, de os meus avós estarem velhinhos, que é sempre o que me bate primeiro, apesar de lá também fazer frio como aqui (ou pior?!). Falamos muito em ir antes dos filhos, deixámos de falar nisso, é um país que ele sempre idealizou, por mim vamos, por ele, tem que preencher o formulário...