16 fevereiro 2010

o método de tortura mais antigo do mundo

O quêêê? Já passaram três horas...? Anda cá filhote pequenino. Au! Não me mordas a maminha. Pronto, pronto. Ei, não pares, estás a deixar sair tudo por fora! Isso mesmo... Não, não te engasgues! Oh não, outra vez soluços... Vá lá, só um arroto pequenino. Vá lá... Senão vais ficar cheio de cólicas... Ups, que é isto? Vamos lá mudar a fralda. Pronto, mama lá mais um bocadinho. Só mais um bocadinho, senão ficas com fome daqui a nada. Meu borrachinho, pareces uma bolinha de neve com este babygrow... Não, não, não bolsa para cima do cabelo da mamã! Pronto, vamos lá dormir como um lindo menino. Deito-te bem embrulhadinho, és a serenidade personificada. Shhhhhhhh... Vamos dormir. Já estou deitadinha, finalmente. Que macia é a minha caminha... Zzzz... Uéééééééé!!!!

5 comentários:

Ana C. disse...

AI COMO TE ENTENDo

Rita disse...

been there, done that. ahahaaaha!!! beijos

Vera disse...

LLLOOOOLLLL! O que gosto mesmo é do título, LOL! Nunca tinha pensado nisso!

Porque ... disse...

uiiiiiiiiiiiiiiii....também percebo tudinho:)

Costinhas disse...

so true... ahahahahahah