17 fevereiro 2010

não pode ser assim tão cor-de-rosa, pois não?

Acho que isto de ter mais um filho e etc. e tal ainda não bateu a sério. Sinto-me bem, esqueço-me que estive grávida, ando com um sorriso. Não me custa assim tanto levantar de noite (só custam as cólicas dele!) e ando com uma paciência de semi-santa para as mudanças de humor do filho único promovido a mais velho. Ontem mandaram-me para a sucata o carro que deixei estacionadinho na garagem em Lisboa e só penso no bom que é ninguém se ter magoado. Será que me andam a pôr Prozac no sumo de laranja? É que não é suposto isto ser assim e eu não ter vertido ainda nem uma lágrima. Estou à espera do momento em que vejo uma cena qualquer mais comovente na televisão e desato num pranto. Denial is a river in Africa...

3 comentários:

Rita disse...

eu nas primeiras semanas do pedro chorava à minima coisa... era de loucos... acho q foi o chamado "BABY BLUES". :) pode ser q n tenhas nd disso :) beijos

Vera disse...

passaram a 3 as pessoas que me rguntaram nos ultimos 6 dias quando nasce o bebé e eu só me rio, sim é capaz de parecer tudo muito cor-de-rosa, é um "tá-se bem" muito na boa e tal que avida é bonita. Ainda assim, vou hoje cortar o cabelo a ver se esta fase não pa!!!

Porque ... disse...

Percebo muito bem...a minha piolha tem 9 m e o piolho tem 3 anos...Há 2 meses também era assim:)Mas passou...Sem stress Gralha...