04 maio 2010

a maior economia do mundo

(ou, por que é que o pessoal imigra para a Gringolândia)

Compre, compre, venda, venda, saldos, saldos, aproveite agora, leve 4 e pague 3, só hoje, alcatife a casa toda e ganhe uma casa de banho em imitação de pedra, linda que só vendo, mais, mais, veja aqui, última oportunidade, seja um dos primeiros 10000 clientes do dia que faz bicha desde as 2h da manhã e leve para casa mais uma inutilidade que lhe pode dar imenso jeito um dia, não se sabe bem para quê, mas está em promoção! Ufaaaa...
Vivo dentro da TVShop. Ainda não vi o Mike nem o Melga, mas os vendedores de cá (pobrezitos, a tentar ganhar a vida), podem melgar-nos bastante e temos de literalmente fugir dos balconistas nos centros comerciais. Mas nem era sobre isto que queria falar hoje, era sobre como estou parva com a oferta de emprego que há neste país gigantesco e com a diferença dos salários. Para um trabalho administrativo simples, vejo coisas que dão mais de 2000 dolares por mês. Catano, isso é um ordenado bastante simpático em Portugal. Já estou a ficar com uma tendinite de preencher tantas candidaturas, vamos lá ver qual é o senhor empregador simpático que me quer pagar assim bem para eu comprar logo o Mercedes dórado. Vá, um automóvel qualquer em segunda mão, que o meu já era, depois de o meu irmão o ter espatifado.

2 comentários:

Ana C. disse...

Não é essa a terra das oportunidades?
Candidata-te sim, mas eu já sei o que é que vais fazer: Vendas na televisão :)

VDA disse...

LOL! A Ana C. é que tem razão, com toda essa bagagem bem podes dedicar-te às vendas na tv!!!
Boa sorte!!!!!!!!!