13 maio 2010

o meu novo medo de estimação

(e peço desde já desculpa a quem isto pode parecer ofensivo)

Engravidar outra vez.
Eu adoro bebés. Imaginei muitas vezes (na adolescência) uma casa com 4 crianças. O meu coração tem sempre amor para mais um, e outro, e outro. Mas não temos mesmo condições materiais - nem eu tenho condições psicológicas neste momento - e, sinceramente, não sei o que iamos fazer à nossa rica vidinha. Por que é que tenho tanto medo? Sim, nós tomamos as devidas precauções. Mas isso já falhou antes...

8 comentários:

Ana C. disse...

Isso vai tirar-te a vontade de fazeres o amor (adoro esta frase) porque vais associar o acto ao teu medo. O melhor é munires-te de mais do que um meio de protecção. Aliás, o melhor é enfiares um preservativo gigante na cabeça.
Diga-se de passagem que tenho exactamente a mesma fobia. Além de estar proibida pela médica de voltar a engravidar, mais filhos é definitivamente areia de mais para a minha fraca carripana.

VDA disse...

eu não sei se é medo ou se ter outro filho já começava a roçar na irresponsabilidade. Começo a dar ouvidos a quem fala no dinheiro, nos estudos, blá, blá, blá. Os meus filhos não vão andar vestidos de marca, excepto a zippy (em saldos, lol). Os meus filhos, se necessário, vão estudar em residências da universidade como a mãe e ter bolsas (se bem que estes (des)governos começam a assustar-me nesse campo) ou então recuperamos as casas que o meu avô tem na Brandoa (lol) e que aluga por 5 contos/mês a pessoas que conhecia quando lá morou e onde eu não fiquei porque era rapariga, e eles são rapazes, podem sacar de uma navalha a qualquer altura (se bem que diz que aquilo agora está melhorzinho, lol).
No fundo, assusta-me mais se vier uma menina (não pela casa na Brandoa, lol) mas porque ajuda esta passagem de roupa entre gajos. Sobre a sanidade mental... isso é outra história.
Pois, não sei como vai ser mas como já estivémos preparados para 4, quando engravidei de gémeos, acaba por não me assustar muito esse número, lol.
Assim sendo, resta-me esperar que a pilula falhe, se não falhar ficamos assim, está tudo nas mãos de uma qualquer empresa farmacêutica, lol.

Rita disse...

mariana, o medico proibiu-m d engravidar nos proximso dois anos. n posso tomar pilula e optei pelo diu. n ha esquecimentos e hipotese de falhar é nula :)))hoje, mais do q nunca, q estou cheia de febre, c duas bolas gigantes no lugar das amigdalas e sp a tiritar de frio. penso "mais filhos nao"... (td pq precisava d estar sossegada e n csgo, sniff...)

Melissinha disse...

Ui! Eu que ainda vou no primeiro danço pela mesma batuta. Morro de medo de engravidar já. Seria do caneco. E, quando decidir, vou morrer de medo de serem gémeos.

Em tempo: uma pessoa importantíssima na minha vida, super mãe de uma menina, perdeu há pouco tempo uma gravidez de gémeos (muito recente, coisa de oito semanas). Ela confessou-me, e até me arrepiou, que tinha chorado mais no dia em que descobrira que estava grávida de dois do que no dia que os perdeu. Fiquei abismada com a sinceridade.

Rita disse...

Percebo perfeitamente e passei exactamente pelo mesmo depois (ou durante... nem sei) da depressão pós parto do Gonçalo. No dia em que ele nasceu eu disse à minha mãe: "Não acredito que posso estar a viver estes momentos pela última vez." Estava tão feliz e preenchida que me custava pensar que iria ficar por ali (e já era o 4º). Uns meses depois estava apavorada a pensar que poderia haver a probabilidade de engravidar novamente. Como não queria tomar nada hormonal optei por fazer uma laqueação de trompas. Não me arrependo, pois não quero mesmo ter mais nenhum filho mas sei que tomei esta opção por sentir um medo descomunal de engravidar novamente!

mãeee disse...

Tenho esse medo de estimação há uns anos ... e percebo bem a parte final do teu post (a mima aconteceu 4 vezes no passado). Sei que muitas vezes esse medo me paraliza num momento de maior doação, como diz a Ana C. é mesmo assim, a fazer o amor.
Tenta combinar mais do que um método; se tiveres a sorte desgraçada (not) de não conseguires utilizar alguns dos mais fiáveis, pesquisa porque há novas opções no mercado... eu experimentei o anel vaginal, não correu bem, mas estou tentada a colocar um dispensador subcutâneo.
E ainda bem que tens a coragem de tocar neste tema, tão sensível
beijos muitos
(não sei se alguma vez já comentei, mas visito-te sempre que posso)

Porque ... disse...

A Inês faz hoje um ano e eu junto-me ao teu grupo que parece que já vai a ficar preenchido. E tenho apenas 2.Como tu. Chego a dizer que isto não é medo, é PAVORRR! E sim, tenho que ultrapssar isto tb porque não é nada saudavel durante o amor, pensar ai que...:)E não tem nada a ver com dinheiros e escolas e ...tem a ver comigo, Mulher e mãe. Percebo-te mt bem. Aliás às tempos atrás, foi a Rita que conseguio levantar-me o "astral" qd pensei que poderia estar grávida novamente:)

Sara MM disse...

pois não sei o que isso é...

bjss