09 dezembro 2010

a grande baralhação

Passo o dia a falar Português, Inglês e Espanhol. Estou a preparar-me para entrevistas em Francês e Alemão. Não é preciso dizer a confusão que vai na minha cabeça, pois não? Ora pronto, in that case je vais hacer etwas wichtiger. Tipo, o jantar.

4 comentários:

Jo Ann disse...

Haha!
Eu cresci em Cuba e ia a escola francesa. Em casa, eramos todos a falar português, espanhol e francês, a minha mãe via-se grega (ela não falava francês e o espanhol era portunhol).
Fomos crescendo e aos quase 30 anos, isto aqui não muda. Uma frase não sai sem um dropping algures...

Precis Almana disse...

Ahahah
Poliglota é o que tu és agora!

Rita disse...

Isso é que é capacidade de adaptação :)

A mãe que capotou disse...

Ja estive assim, era uma confusão e nem sequer tinha o alemão à mistura, às vezes, parecia que perdia uma lingua pelo caminho, quando me dedicava a outra. Vê la se não esqueces o português, viste o que aconteceu ao Romain Duris no Albergue Espanhol ?