30 maio 2011

olá, eu sou a gralha e gosto de bagas

Nada como o impulso suburbano-eco-chic de brincar aos camponeses e pegar na pequenada, nos chapéus, nas cestas e ir colher o que a Natureza (ou uma quinta criada para esse efeito) tem para nos oferecer. A apanha do morango é uma coisa para lá de fantástica porque não estraga o verniz das unhas, não cansa, e traz-se para casa um alimento pouco calórico e que dá para fazer imeeensas coisas giríssimas. Além disso, os piquenos apanham ar, fazem festinhas às cabras e aos burros (e depois desinfectam as mãos com o líquido antibacteriano em frascos afixados de 50 em 50 metros nas vedações), ficam derreados e deixam os pais dormir até mais tarde. Prevejo que esta será um dia a nova moda da blogosfera, só é pena ainda não haver muitas destas quintas pick-your-own-cenas em Portugal.
Ontem, cinco quilos de morangos depois, voltámos a casa e enchemos a barriga. De morangos. E de batido de morango, gelado de morango, espetadas de morango, tarte de morango, granizado de champanhe e morango. O que sobrar, vai para compota. Mal posso esperar pela época da framboesa, da amora e do mirtilo.

4 comentários:

Micas disse...

Olha que bom!
O meu sonho, ou um deles, é ter uma quinta pedagógica. Estudei inclusivamente os apoio do proder há coisa de 2 meses pois apoiavam esse tipo de projecto.
Acontece que ainda não tenho vida para isso e tenho medo que seja coisa para não dar muito além de prejuizo. Não me parece que exista essa tendência aqui, não sei se as famílias se iriam deslocar quase 300 kms para vir aqui, ou se calhar até vinham, houvesse dinheiro...
O problema real é que a fazer tinha que ser em grande: animais, estufas, campos com produtos de época. A ser, implicaria provavelmente ter que me dedicar profissionalmente à quinta e é arriscado e neste momento não posso arriscar.
Isto do dinehiro é mesmo triste, temos o espaço, o saber fazer, falta dinheiro e a possibilidade de poder arriscar...
Talvez antes de ter 90 anos... :)

gralha disse...

Vara, se me permites a sinceridade, acho que é uma óptima ideia mas não no sítio onde estás... Já numa zona que ficasse a menos de uma hora de um grande centro urbano (i.e., Lisboa ou Porto), força aí! Vou lá mungir-te as vacas pelo menos uma vez por mês, prometo!

Costinhas disse...

olá, eu sou a Sandra e o meu mais novo foi hoje com a turma a um lugar assim. E alarviaram morangos directamente dos morangueiros. E diz que trouxeram para a famelga e tudo!

E que eu estou aqui mortinha de inveja de vocês e do meu mais novo :p

_+*Ælitis in Paris*+_ disse...

Eu, neste momento, são cerejas!