03 junho 2013

aprender a ser filha (também é todos os dias)

Passeávamos alegremente pelo Chiado, entrando e saindo de lojas, lagartando ao sol com gelados, quando a ouvi responder a uma funcionária que "já era uma sexagenária". Pontuando com uma risadinha. Não achei muita graça àquilo. Como é óbvio, a minha mãe anda na casa dos trinta. A minha mãe é rapidíssima. Tem energia de manhã à noite e os olhos verdes mais verdes do mundo. Não estou bem preparada para que vá ficando mais velha, como eu fico mais velha, e acho que era melhor para ambas que envelhecessemos juntas. Está provado que nos damos melhor à mesa de chá e scones do que em qualquer outro cenário. Sei que é um privilégio supremo ter a minha mãe comigo, à distância de meia dúzia de estações de metropolitano. É a avó que desejei para os meus filhos, até lhe perdoo os ovos Kinder e tudo. Mas a minha mãe não é sexagenária, não senhora. Será sempre a minha mãe na casa dos trinta, a conduzir o jipe que eu conduzo agora e a usar bikini com mais propriedade que a filha (que saiu ao Pai, coitadinha).

8 comentários:

Carla R. disse...

Caraças, hoje a minha mãe também me disse que era sexagenaria. E também não gostei.
Estranhamente, agora que falas nisso, acho que estou mais pronta para enfrentar o tempo que passa por mim, e mesmo pelos meus filhos, do que pela minha mãe.

Ana C. disse...

Post lindo, gralha.

gralha disse...

Pois é, Carla, continuarei a assobiar para o ar (aliás, cada vez assobio mais para o ar).

Obrigada, Cê :)

Naná disse...

Pena que nunca ouvi a minha mãe chegar a dizer isso...
Mas no fundo vocês têm envelhecido juntas...

ouvirdizer disse...

Por vezes penso nisso, ainda que a minha mãe esteja na casa dos cinquentinhas, é o que vale ter filhos antes da idade adulta, ahahahah! O meu pai acabou de fazer 60, meio gaiato, ainda.
Mas depois penso em nós, que fomos pais, eu a roçar os 30, o R. a roçar os 40. Quando os nossos filhos tiveram a minha idade seremos pré-idosos, só espero que tenhamos a energia que os meus pais têm para os netos... :)

calita disse...

Eu não estranho muito, confesso, porque a minha mãe é sexagenária desde os 30 anos, mais coisa menos coisa.

gralha disse...

Naná, tudo verdade, tudo verdade.
Vera, tu também estarás sempre na casa dos 30, como é evidente (mesmo nos tempos da faculdade, agora que penso nisso).
Calita, ninguém como tu para me arrancar gargalhadas desde o umbigo! :D

disse...

Há a idade que diz que temos no BI e há idade que sentimos que temos. No fundo não há idade há personalidade (pode parecer um pouco confuso mas quando chegarem todas à idade que tenho vão entender melhor aquilo que digo :) isto sem querer estar aqui armar-me aos cágados :)
É como diz a Calita!