19 abril 2011

da mediocridade

Não começo a escrever um dos vários livros que já pensei porque tenho horror a produzir uma coisa medíocre. Agora ando a ler de fio a pavio o blogue da Ana Cássia Rebelo e já nem me atrevo a escrever aqui. Ainda bem que não vejo programas de culinária senão a minha família arriscava-se a passar fome.

5 comentários:

Melissinha disse...

Sinto exactamente o mesmo que tu e acho que estamos incrivelmente erradas. :)

Acho que as pessoas normais passam pela mediocridade antes de produzir alguma coisa de jeito. A não ser que pertençamos ao domínio dos deuses. Eu, pelo menos, sei que não pertenço, se não já teria descoberto.

Escreve lá primeiras versões merdosas sem medo, gralha. Depois vais aprimorando.

Gaivota disse...

Tu escreves bem, mulher! Sem medos e nada de comparações. Tu és única.

Avança!
:)

A mãe que capotou disse...

Ora, ora Gralha ! Cada um o seu estilo, cada um o seu caminho.
Escreve, escreve adoro versões merdosas, depois teremos alguma coisa a atirar-te quando fores à entrega do teu nobel.
Também gosto muito deste blogue http://novomundoperfeito.blogspot.com/

Sara MM disse...

eeeeeeeeeh!eeeeeh!eeeeh!

deixa-te de medos!!!! cá estamos para dizer mal!! (ops!)

Helena disse...

Ora bem... se é para enriquecer, e achas que és medíocre, escreve! Mediocridade é o que está a dar. Olha aquela, como é que ela se chama? Aquela que só conhece 3 palavrões e insiste em repeti-los por todas as páginas dos romancecos. Ou o Paulo Coelho, esse famoso.
Eu, quando me dão as dúvidas sobre escrever ou guardar a caneta para sempre (enfim, guardar o teclado), é nesses que penso e fico logo a achar que se eles conseguiram então há esperança para todos.
Agora: a gente escreve porque tem alguma coisa a deitar cá para fora, e não porque tem alguma coisa a deitar cá para fora com mais estilo que a Ana Cássia Rebelo. Por acaso prefiro mil vezes a Isabela Figueiredo, mas não estamos aqui a discutir gostos e sim a falar da escrita como uma descoberta de si própria. Só isso.
Ah, e se já estamos numa de blogues pedidos, sugiro que espreites o http://segundalingua.blogspot.com/