23 agosto 2013

o fim* de um sonho

Eu sei que isto se tratava de um pequeno passo para a humanidade, ainda que fosse um grande salto para mim. Como justificar, portanto, a imensa tristeza que sinto? Podemos avançar com algumas explicações:
A económica: um investimento considerável, em treino e no que abdiquei, que não deu retorno.
A biológica: uma quebra súbita na produção de endorfinas.
A sociológica: a dissociação identitária, a exclusão do grupo de referência.
A psicológica: a revolta, a angústia, um pontapé implacável nos tim-tins da auto-estima.
A antropológica: a confirmação do estigma de fragilidade feminina.
Todas as ciências podem reunir-se para racionalizar sobre a caganita mole que me sinto nestas últimas semanas e, ainda assim, isso não me serve de nada. O simples facto incontornável é que me lesionei e não vou poder correr a maratona de Outubro. Para compreenderem o que sinto, imaginem um daqueles namoros da adolescência em que tudo ia bem até ele vos dar com os pés e vos trocar pela vossa melhor amiga. Já não estou na adolescência, como bem me recordou o malfadado tendão do joelho direito, e já não tenho desculpa para passar as noites a chorar, abraçada à almofada. Mas era o que me apetecia.
Passadas quase três semanas já estou a sair do modo Calimero e vou a uma consulta na próxima semana. Não sei se alguma vez vou poder correr uma maratona mas nunca como agora tive a certeza que, enquanto tiver pernas, terei o desejo ardente de cumprir esse objectivo.

* fim do sonho de correr de Cascais a Lisboa a 6 de Outubro de 2013. Outras oportunidades haverá, se Deus quiser.

Adenda: Para quem duvidava da minha essência avicular, tenho uma 'tendinite pata de ganso'. A pata da gralha terá assim de repousar umas semanas, fazer gelo e anti-inflamatório, e esperar que não seja preciso fisioterapia depois disso.

10 comentários:

Naná disse...

Mas como raio te lesionaste??!!

Cá abracinho!

Agora toca a canalizar essa tristeza toda em gana para ficares em condições e poderes ir a uma próxima edição!

Ana. disse...

Eu sei que vicia, que é libertador, é um ótimo treino cardio e tuditudi, mas a corrida é de uma violência atroz para o corpo... Eu, se correr 5 minutos seguidos fico com os tornozelos de uma grávida de 9 meses e joelhos de uma septuagenária!

Mas não percas a esperança; não dá para ires este ano, pensa que tens um ano inteirinho para ficar boa e recomeçar a treinar devagarinho!

;)

Julieta disse...

Claro que vais correr uma maratona se assim o desejas tanto (raio de irdeia, permite-me já agora o comentário). Vais ver que isso vai ao sítio. Dá tempo ao tempo e juízo!

triss disse...

oh:-(
as melhoras, beijinho

Melissinha disse...

O meu abraço, Gralha.

Mas fim do sonho é que não. Isso é que não.

disse...

Há mais marés que marinheiros. Não desanimes.
Boa recuperação!
Beijinhos de melhoras

mm disse...

Vais a outra com certeza! O que me diz quem treina muito é que é preciso cuidar sempre do corpo quando ele é posto à prova. Tratas do joelho e recomeças os treinos. O que há mais é maratonas! :)

bjs

snowgaze disse...

assim que puderes, vai nadar. Eu lesionei o tendao do joelho em novembro, depois outra vez em dezembro, estive ate' abril pelo menos sem fazer desporto nenhum. depois diz ginasio, e so' agora em julho/agosto, depois de duas semanas de natacao (no mar, na praia todos os dias) e' que finalmente deixei de ter vestigios da lesao. E olha que em Julho, ao comecar a nadar, ainda sentia qualquer coisa a estalar/endireitar la' dentro!

gralha disse...

Obrigada a todas, são umas queridas :)
Snowgaze, bem lembrado - enquanto estive no Algarve nadei todos os dias, aqui é mais complicado. Vou ver o que me diz o médico amanhã.

calita disse...

É só mais um desafio. Não é esta maratona, será na próxima.
Beijinhos.