30 janeiro 2014

não sei como é que vocês conseguem

Chegar ao fim do dia com energia. Porque eu arrasto-me.
Fotografar lindos pequenos-almoços. Porque ainda estou a descolar as pestanas enquanto preparo almoços e arrumo mochilas.
Ser fadas-do-lar irrepreensíveis. Porque eu esgoto o vernáculo de asneiras ao estender cada máquina de roupa.
Cozinhar com prazer. Porque eu sonho com comprimidos de nutrientes.
Fazer coisas giríssimas com espontaneidade. Porque os meus melhores planos nunca saem perfeitos.
Estar em cima do acontecimento. Porque as notícias me deprimem e enxotam.
Gostar de chuva. Porque eu me molho.
Não elevar a voz com os vossos filhos. Porque os meus nem sempre ouvem à primeira (nem à terceira).
Equilibrar trabalho, vida social, parentalidade. Porque às vezes não percebo o sentido do que faço. Organizar festas dá-me vontade de espetar mini-chapéus-de-sol de cocktail nos olhos. Os miúdos que resolvam os seus próprios problemas. Que eu sou só uma e muitas vezes sinto-me menos do que isso.

Nota-se muito que o outro adulto da família está fora há uns dias?

10 comentários:

Filipa disse...

Entendo-te tão bem! Sobretudo porque o outro adulto da família também esteve fora vários dias... e ainda estou a ressacar disso.

Naná disse...

Havia tanto por dizer sobre isto... mas estou um bocado cansada...

Não tendo o outro adulto da família fora, compreendo... já que eu e o outro adulto somos como "guarda-nocturno e mulher a dias..."

disse...

Não deve ser nada fácil...mas dentro de dias tudo voltará à normalidade!
(pensa assim, para descomplicar ;)
E organizas uma festa de boas vindas, cozinhas com prazer nesse dia, espetas mini-chapéus-de-sol de cocktail com a frase "nem imaginas a falta que nos fazes". hum!?
:)))

SMS disse...

O meu novo livro vai ser-te muito útil! :)
E vais-te rever tantooooo.
Beijinho e córage.

Amigo Imaginário disse...

Céus, mulher... andaste a espreitar a minha casa pela janela?! Sinto isso tudo que dizes e mais alguma coisa. O que vale é que grito sempre com eles em português e a vizinhança não percebe... :(

Ana C. disse...

Conseguiria descolar as remelas ao pequeno almoço e tirar fotos brilhantes ao meu Nestum, se tivesse a capacidade de abrir os olhos, antes de atirar jactos de duche para cima da cara. Estou contigo e não abro.

gata disse...

é isso mesmo. mas depois melhora. :)

dona da mota disse...

O que é aquilo de "vida social", não sei o que é, ahahahahaah
Acho que no fim do dia toda a gente se arrasta, uns disfarçam melhor do que outros. :)
Beijo que ele já volta!

gralha disse...

Obrigada pela compreensão, meninas. Mas isto é mais falta de vitamina D do que outra coisa :)

Abraçar disse...

Acho que este post é assim do mais reconhecível e "identificável" que tenho lido por aí. É que isto mesmo, sem tirar nem pôr, ah! e a parte da falta de sol também ;)