27 maio 2014

os silêncios dos outros

Leio demasiados blogues. Uns por afinidade, outros por respeito, cada um tem o seu lugar no meu tempo de pausa (até já aqui me dediquei a pensar um bocadinho sobre isso). Para além do que escrevem, presto atenção ao que calam. Leio nas linhas e nas entrelinhas e tento adivinhar as causas dos silêncios. Alguns silêncios são falta de tempo. Muitos são tédio. Alguns são vergonha e mais ainda são segredos. Os meus silêncios preferidos são os de amuo e os que mais me preocupam são aqueles em que vaticino doenças, suicídios, tragédias. Fujo daqueles que precisam desesperadamente de aparecer, os que contam meias estórias e cozinham mensagens indecifráveis em lume brando. Mas nisto da blogosfera, como na música, as pausas fazem parte da melodia que nos embala.

5 comentários:

Naná disse...

Na mouche!

Só a título de curiosidade... no bloco de partos fui assistida por uma enfermeira de apelido Gralha... adivinha em quem pensei logo?!

Margarida Atheling disse...

Idem! :)

Pois, minha querida - sim, que somos velhas conhecidas, afinal! - o meu silêncio é um misto de coisas: de resguardo, de falta de tempo, de "deixa andar" , de "faço amanhã",de não saber bem o que quero/posso/devo contar ou calar(que isto de ser mãe , de ... me esquecer da palavra passe do blog e não conseguir mais recuperá-la mais. E pronto, é isto. Por isso,depois de hesitar muito, criei um novo (continuação do mesmo) onde continuo a quase não escrever.
Mas "leio" como tu! :)

Beijinho!

Dora disse...

Também há os silêncios porque se anda a plantar ou a mondar. Ou ainda a remendar roupa e a tirar carraças aos cães, que este ano é o ano em que elas parecem querer dominar o mundo.

gralha disse...

Naná, isso é que deve ter sido um tratamento cinco estrelas no bloco de partos. Era eu a mandar-te boas energias à distância :)

Margarida, minha querida, como te compreendo. E gostava muito de visitar o teu novo poiso mas não deixaste link...

Dora, as carraças terão de vencer primeiro os piolhos. Será um prenúncio do Apocalipse?

dona da mota disse...

Sim... eu quando são pessoas que conheço mais e melhor também começo logo a achar que o silencio é algo mau... tipo se não escreves por 3 dias.
Como diz a Dora, pode ser só a agricultura que não dá descanso. Que eu este ano até batatas já tenho a nascer, a rama, vá! Sim, mando-te 4, para provarem! ahahahahah

Naná: BLOCO DE PARTOS? OI?!!! JÁ?!!!
O teu silêncio é um bebé? Já? mas era já?