12 agosto 2011

daqui a um mês

Levantamos vôo de regresso a casa.
Agora é a altura em que cada gesto é uma despedida, cada embalagem de qualquer coisa é a última. Sou muito nostálgica, levo a vida a despedir-me. Amanhã é de Nova Iorque.

3 comentários:

margarida disse...

:) Que grande coragem gralha! As despedidas são tristes, mas é por uma boa causa. Força aí!

Vera Dias António disse...

Então, deixando as despedidas e pensando nos "olás", olha lá, dia 8 de outubro queres ir ver Gloria Gaynor?!!! LOLLL Eu sei que é piroso mas eu queria tanntoooo!!!
Nem é pelo "i will survive", é o todo, gosto dela, pá!
Boa new york amanhã!

Melissinha disse...

és das minhas :) estou em constante despedida.