25 julho 2014

ainda há primeiras vezes

Comer pitangas. Observar um filho em silêncio, de bruços sobre um livro sem bonecos. Ter a companhia de outro filho, fazendo crochet de elásticos* com aqueles dedos minúsculos. Voltarmos da escola a pé, pelo Campo Grande. Descobrir trilhos e sentir um prazer desgraçado. Fazer massa fresca. Ler Clarice Lispector. Sinto-me tão grata por este Verão e ainda nem pus um pé no mar.

* É verdade, tardou mas chegou.

7 comentários:

Amigo Imaginário disse...

Hoje aconteceu-me isso, logo pela manhã... ia a caminho do trabalho e comecei a olhar à minha volta como se fosse a primeira vez que fazia o trajecto. E jurei que ia levar a máquina fotográfica na segunda-feira. Com a minha sorte, há-de estar nevoeiro ou de chuva, mas o enamoramento inaugural de hoje ninguém mo tira! :)

gralha disse...

Com o mau tempo que tem estado em Portugal neste Verão, até eu vou tirar uma fotografia quando regressar o sol ;)

dona da mota disse...

(e ainda não pus um pé no mar...)Sorte a tua, ahahahaahahh

disse...

O Verão anda estranho. Maravilhosas primeiras vezes!

Com os elásticos, o mal é começar ;)

Niall Power disse...

Eu adoro a praia, mas num sentido completamente diferente do da maioria das pessoas... Nem fato de banho tenho! Gosto de ir quando ainda não chegou ninguém, e ter a praia inteira para nós. Poucas coisas me dão mais prazer na vida do que observar os meus seis filhos a brincar com as ondas e a correr na areia! Mas isso é possível aqui no Norte, claro, em praias pouco movimentadas... e nunca em Agosto! (Em agosto raramente vou à praia) para quem gosta da natureza e de escutar os passarinhos, como a Gralha e como eu, a praia só mesmo assim! Bjs Teresa Power

gralha disse...

Dona da mota, qualquer dia vou buscar-te por um braço, levo-te até à praia e faço-te uma amona. Para veres como a água do mar é tão maravilhosa :P

Té, tenho a casa cheia de elásticos. Quanto tempo dura isto?

Teresa, observar os filhos a brincar nas ondas é bom; melhor, só brincar com eles nas ondas :)

Niall Power disse...

pois, pois, se a água do mar tivesse mais dois graus... Isto aqui em cima não é fácil! Hoje de manhã, às nove e meia, enquanto eles tomavam banho nas ondas eu tomei um óptimo banho na chuva :))) Mas foi uma praia maravilhosa... Bj Teresa