27 março 2009

eu não sou viciada em sapatos, a sério

Alguém faça o favor de entrar com uma ceifeira-debulhadora pela porta adentro da Seaside que fica a 200 passos de minha casa. E deite aquilo tudo abaixo de modo a que eles tenham de reabrir a loja num sítio mais distante. É que eu não sou pessoa de andar a comprar sapatos todos os meses mas, de cada vez que tenho de ir ao multibanco, aos correios, à farmácia, ao banco, lá está aquele anúncio azulão com a malandreca da Diana Chaves de rabiosque empinado a chamar-me para comprar mais um par. Não é por nada, é só que não tenho mais espaço debaixo da cama.

4 comentários:

Nucleão disse...

Tu também tens poucas botas... :p toda a gente sabe... uma gralha precisa das suas botas!

Inesa disse...

Ah, ah! Apanhada!!!!!
Vais ver... mais cedo ou mais tarde dás por ti a pensar que nenhum dos 4 pares de botas castanhas que tens debaixo da cama dá com a roupa que vais vestir. Estás mesmo a precisar de outras botas! Ou então a "precisar mesmo" de uns sapatos verdes com um salto de 8cm que estavam na montra! Join the club!

Rita Costa disse...

Lol!!!

Por aqui é mais malas... nunca me chegam :)

Beijos

Vera disse...

Vá, escreve lá outra coisa que este tema não é para mim... Estou farta de vir aqui sem ter o que dizer.
Sou daquelas pessoas a quem os sapatos das montras não fazem olhinhos. Mais, sou daquelas pessoas que descobriu, após partir um salto, que só tem sapatos em tons de castanho e há coisa de semana e meio que conjugo a roupa neste tom para condizer com os sapatos... percebes?!!!

Então até já!