19 março 2009

pai

Apesar de achar que o meu marido é o melhor pai do mundo, também acho que o meu pai é o melhor pai do mundo. E espero que haja por aí muitos outros melhores pais do mundo. Mas hoje, enquanto estava sentada na varanda da casa dos meus pais, que acolhem mais uma vez a família gralha temporariamente desmembrada, olhava para as novas flores que o meu pai andou a plantar e percebi. Percebi por que é que o meu pai é o melhor pai do mundo: porque a dedicação que coloca naquelas plantas (e em tantas outras coisas) nasce da mesma fonte de onde vêm os maiores tesouros que me deu ao longo da vida - a segurança, o amor e a alegria.

2 comentários:

Inesa disse...

Não sei se o meu pai é o melhor do mundo... mas é sem dúvida o pai de quem gosto mais!

disse...

Por acaso não tive o previlégio de ter um Pai presente.

...mas concordo em tudo o que escreveste (apesar de nunca ter sentido)... e tenho esperanças que o Luís (cá de casa) consiga transmitir o que o teu pai te transmitiu!!

Há que valorizar todos os gestos

Beijinhos