10 março 2010

ai julgavas que tinhas a escola toda?

Este filho está a ser uma lição de humildade. O que se aplicava tão direitinho com o Gugas agora tem de ser revisto, repensado, virado de pernas para o ar. Os bebés são todos diferentes e a única coisa que podemos fazer é tentar conhecê-los e fazer o melhor que conseguimos. Uma coisa se mantém é a importância de confiar no instinto. Aquela pessoa pequenina precisa que cuidemos dela e a verdade é que ninguém como nós pode saber do que precisa.

4 comentários:

Ana C. disse...

Sinto exactamente o mesmo. Ainda estou a conhecer o António. Nenhum bebé é igual ao outro, mas cada dia que passa ganhamos pontos. Força!

Vera disse...

ah pois é! mas é isso que é viciante e apetece ter mais filhos e descobrir novas personalidades e crescer também, junto com eles. Sim, é ua das principais razões que me levariam (levarão?!!!) a ter mais um! Isto de ser viciante é a sério, não é piada!

Ana C. disse...

Viciante? Bem tenho que admitir que há gostos para tudo ;)

Luna disse...

a mim calhou-me o inverso graças a Deus, é como tu dizes a experiência conta mto.
bjocas