20 janeiro 2012

amanhã é que é

Ele não acredita em Deus. Ele não acredita (realmente) no Benfica. Ele desconfia da homeopatia, da meditação e das ciências sociais em geral. Mas ele acredita em si próprio, com uma fé inabalável. Todas as noites, antes de se deitar, o meu homem prepara a roupa do dia seguinte e pendura-a na casa-de-banho para não me acordar. Acredita que no próximo dia é que vai mesmo acordar antes de mim e, para não perturbar o meu descanso, vestir-se-á onde não o ouço. Tão querido.
Eu acredito em tudo e mais alguma coisa mas desconfio muito das minhas boas intenções.

1 comentário:

Mãe da Tiz disse...

hihihihi ;)