01 abril 2013

o primeiro encontro

Estou tão nervosa, hoje. O cabelo está horrível. Não tive tempo para me maquilhar decentemente (e no trânsito, já se sabe, multam-me). Não sei o que ela vai achar de mim. E eu não sei o que vou achar dela, ao vivo, depois de só lhe ver forografias nessa grande mentirosa que é a Internet. Tenho quase tanto medo que o segundo quarto afinal seja demasiado pequeno como há anos atrás tinha medo de descobrir, à mesa do café longamente mexido (não havia smartphones quando eu comecei a namorar!), que ele não gostava de ler. Ou de viajar. Ou que comprava religiosamente A Bola.

8 comentários:

disse...

Não sei se acredite ou se duvide, afinal hoje é dia 1 :)
De qualquer das formas, Boa sorte!
:D

Ana C. disse...

ahahahaha, a tua obsessão pelo casario começa a atingir proporções preocupantes :)

Melissinha disse...

hahhahahahahah

gralha disse...

Pronto, era uma enfezada e sombria. Para isso já basto eu. Onde andas tu, casinha dos meus sonhos?

calita disse...

Talvez longe de Lisboa, gralha...

Ana. disse...

Tens de começar a tirar fotos, para a malta opinar!!

ouvirdizer disse...

Mudavam-se para Mação, não?! Há cá casas bonitas, espaço, ar, rio e eu. Vinhas, não?!!!

gralha disse...

Cansei de ver casas. Overdose, preciso de descansar.

(mas não, minhas meninas, não quero sair da minha Lisboa, que tão duramente reconquistei)