14 dezembro 2011

alienação

É em dias (semanas) como este que penso que só não me meto nas drogas porque não tenho como as financiar.

Nota para mim: Tenho de arranjar maneira de voltar a fazer aulas de yoga. Mesmo. Alguém sabe de aulas de graça?

7 comentários:

Melissinha disse...

Acho que no jardim da cidade universitária aos domingos de manhã (yoga ou tai-chi - adoraria fazer tai-chi).

Melissinha disse...

Mas costuma haver também nas coletividades a preço de banana.

Caixa de Sonhos disse...

É, não é? E na bebida? Isso sempre se arranja lá em casa... Outro dia parei no Dr. Phil, que me irrita, mas o tema e a exposição da tristeza humana com as repreensões públicas dele e aquele circo todo era: mães alcoolicas. Então decidi não começar a beber, não vá o Dr. Phil aparecer-me lá em casa, LOLLLLL.

gralha disse...

Pois, Melissa, a cena de abraçar árvores não é a minha onda... Mas vou ver se há yoga na Junta.
Vera, até o álcool sai caro. Principalmente se tiver de ir para uma clínica de reabilitação daqui a uns tempos (ainda que a ideia, neste momento, seja extremamente apelativa). Mas acabo de mamar uma mega-tablete de chocolate de avelãs do Minipreço que não desajudou.

inesn disse...

Isso, Gralha, o chocolate é a melhor droga que há ;)

triss disse...

http://www.bkwsu.org/portugal

Aqui todas as actividades são gratuitas, aceitam contribuições de quem quiser/puder dar.
Não sei se ainda têm yoga, é uma questão de telefonares.

gralha disse...

Obrigada pela dica, Triss. Vou ver o site.