15 dezembro 2011

oficina sobre como fazer oficinas

Não faço a mínima ideia de como se conquista o homem dos nossos sonhos, de como se faz agendas em tecido, ou de como se faz decorações com massapão embora, em abono da verdade, gostasse imenso de saber todas estas coisas. Mas se é para começar a vender os nossos saberes em formato fast food take-away, se a economia nacional vai começar a vingar a partir de pequenos palratórios instalados em caves de hotéis do Martim Moniz, cafés do Chiado ou mesas de alumínio do espaço de refeições do CCColombo, meninos, também quero o meu lugar ao sol. Eu e toda a gente, suponho. Vou começar já a preparar o meu programa de workshop sobre como fazer ateliers, que serve para ensinar as pessoas a fazer oficinas para o brainstorming sobre... coiso. Pronto, é disso que eu percebo. De certeza que a audiência não há de ser só composta pelos meus amigos a quem obrigarei a estarem presentes. Estou com uma fezada que há de haver muito boa gente com vontade de gastar dezenas de euros para me ouvir debitar bitaites sobre coisa nenhuma. Ah, espera, isso já faço eu aqui de graça.

9 comentários:

Naná disse...

Ahahahahahahah!

Ni! disse...

Hiiiiiiiiii! Eu costumo dizer que entre milho estalado e arrumações, só se estragou uma casa. Francamente!

Inesa disse...

Se estás a falar de quem eu penso... Pensei exactamente no mesmo!

Melissinha disse...

Adorei o workshop oferecido pela mesma criatura sobre como rentabilizar o blog. Já que a criatura fica tão defensiva quando lhe dizem que escreve posts "comerciais", questionei-a, no facebook, sobre como rentabilizar o blog sem fazer posts comerciais. A criatura disse: pondo publicidade nas laterais.

Pronto, poupei 40 eur + IVA.

Anónimo disse...

Aiiiii! Amei! O que eu gostava de perceber de... coiso!!
;)

Ana.

Raquel (persiana) disse...

ui... é piada pro arrumadinho?!

Leididi disse...

ahahahah

apteca disse...

O bem que o chocolate do minipreço te fez, LOLLLLLLLL

Caixa de Sonhos disse...

Era eu em cima, a falar do chocolate. Ando com problemas de identidade, são muitas facetas para gerir, LOL.
Beijos,
Vera