28 março 2012

não deixem vir as andorinhas

Ou melhor, mandem-nas todas lá para os vossos quintais, que no meu não fazem ninho. Não tenho ânimo para Primavera em 2012, mais vale que venha logo o Verão e me torre a pele e os miolos, que me seque o coração e impeça, ao menos, de escrever piroseiras previsíveis deste género.

3 comentários:

Melissinha disse...

eh pá, que vocês hoje...

UPA UPA!

Vera Dias António disse...

No meu quintal há corvos, uma águia que aparece de vez em quando, lagartixas e cobras (uma vez vi a águia a agarrar uma cobra e a levantar voo com ela, foi brutal), ratos, toupeiras e coelhos que o mais velho tenta alimentar com restos de cenouras. Um vizinho traz para lá 4 vacas de vez em quando para comer erva. Eu gosto desta bicharada toda no quintal, excepto as cobras.
Em casa já nos apareceram morcegos da fruta e centopeias... blhec!
Note-se que é tudo bicho ilegítimo, ao natural. Andorinhas, as malandras, ainda não apareceram...
Legítimos temos 2 gatos e um hamster.
Isto não tem nada a ver com o tema em si, eu sei, mas ando com vontade de comprar ovelhas, juro, e não sei se deva ou não. Só porque me assusta os partos das bichas que às vezes precisam de ajuda...
Numa onda mais existencial, de acordo com o teu tema: mas por que raio fui tirar sociologia e não agro-pecuária (já viste bem onde moro???). É que se não fosse o ter-te conhecido nao percebo os 5 anos de dinheiro gasto em propinas e bilhetes de comboio...
Agro-pecuária é que era. Um dia destes volto à universidade... e dedico-me às plantas e aos bichos que estou farta de aturar gente!
Beijos!

Rita disse...

Anima-te miúda!