16 maio 2012

que isto eu não faço afirmações sem fundamento (bom, quase nunca)





12 comentários:

Naná disse...

Ahahahahahahahah..............

Ana. disse...

Ahahah! Aparece pois! Mas diz lá que não lhe dá um charme do caraças?!

Inesa disse...

Epá... o Garrel é mais novo que nós! Se ele é de meia-idade o que serei eu?!

Inesa disse...

Mas sim, tem sempre o sobrolho franzido. Parece que todos lhe devem e ninguém lhe paga.

Ana C. disse...

Isto deve dar cãibras faciais ao final do dia...

gralha disse...

Inesa, minha preciosistazinha de estimação, que é feito? A ver se cafezamos um dia destes, que agora só falamos pelo blogue ou pelo FB.

Melissinha disse...

Podias fazer isto mais vezes.

Costinhas disse...

:p

fundamentaste muito bem :)

triss disse...

O franzolho fica trés bien ao Dujardim, não?

Carla R. disse...

Amanhã de manhã vou começar a olhar para os franceses com mais atenção. Será possível ? O meu próprio filho ?

Estou constrenada.
E, já agora, que ideia tens dos homens portugueses ?

gralha disse...

Carla, é claro que, quando o teu filho criar um perfil de Facebook (daqui a quê? 3 anos?), vai ter de arranjar uma fotografia de acordo com este estereótipo.

(a imagem colectiva dos portugueses é de homens de meia idade que estão sempre a franzir o sobrolho. E que usam bigode e uma grande barrigana)

Carla R. disse...

60% das fotografias do meu filho já são assim... Não faças comentários, por favor.

(Ah, bom!)