11 junho 2012

girls

Não é a melhor série televisiva de todos os tempos. Não arrebatou o primeiro lugar do meu coração ao Mad Men (nem o segundo ao Lost). Mas é um produto de entretenimento muito bom, actual, honesto, inteligente, que nos faz pensar. Acima de tudo, foi preciso uma autora/realizadora/actriz como a
Lena Dunham para que a ficção americana desse pela primeira vez protagonismo a uma mulher com maminhas pequeninas e pernas rechonchudas. Obrigada, Lena.


5 comentários:

Carla R. disse...

Ja ouvi falar, duvido que veja (porque não tenho paciência para séries em geral)(nem televisão) mas gostava que tivesse tanto sucesso como o sex and the city e o mesmo impacto na sociedade. Fartinha de coup cakes e sapatos. Fartinha.

Carla R. disse...

Cup cake e não coup cake. Ah ! Já se formos falar de coup de foudre ! (isto sou eu a desviar a atenção do erro lá de cima).
Coup de cake ... levar com um cake em cima ??

Melissinha disse...

Coup de cake ... levar com um cake em cima ?? HAHAHHAHAH amei. Golpe de bolo. Bem metafórico para mim.

Já tenho ali os primeiros eps, a ver se consigo ver qualquer coisa hoje.

gralha disse...

Carla, podia jurar que há alguns bolos que me saltam para cima. E fazem muita força para se me esgueirarem pela garganta abaixo. Não satisfeitos, os malandros ainda se me escondem no rabo.

Té F. disse...

Gralha os bolinhos, os chocolatinhos, os geladinhos...e todos os inhos da família e porque escolhem eles sempre o mesmo lugar para se esconder :)