10 setembro 2012

tomada de posição

Há as pessoas que acordam pela manhã e são revolucionárias por natureza; há outras que, confrontadas com a degradação da sua forma de vida (e das vidas alheias), enfiam a cabeça com mais força em mecanismos de escape que podem ir dos estupefacientes ao coleccionismo intensivo; espero que haja ainda outras que, apesar das dores e da estupefacção resultantes de pauladas num lombo já muito massacrado, tenham a capacidade de usar a sua inteligência e a força dos seus braços no momento certo para dizer "basta". Basta!

5 comentários:

Costinhas disse...

e eu espero que o que tu esperas se concretize.

Basta!

Carla R. disse...

Basta !
Boa, e agora ?

gralha disse...

Pois, Carla, pois...

calita disse...

Sim, por onde começamos, caralh*? (repara como fui atenciosa ao evitar um palavrão aqui no teu blog)

gralha disse...

Olha, Calita, eu começo por ir fazer número e barulho no próximo Sábado. Depois logo se vê (os palavrões estão todos autorizados quando é caso disso, estás à vontade!)