31 outubro 2013

haverá choro e ranger de dentes

Das poucas coisas que trouxemos na mala de cartão (de regresso), veio um dólar amarfanhado, para nos lembrar da riqueza acumulada, e a tradição do Halloween. Infelizmente, como disse no ano passado, não há meio desta festa ganhar adeptos na nossa zona, pelo que temos de fazê-la dentro dos doze metros quadrados da nossa sala. Paciência, o que conta é a intenção. E a intenção é essencialmente aproveitar este dia para dar largas ao dramatismo e ao feitio de bruxa que tem de ser ocultado no resto do ano. Hoje, não. Hoje não tenho de fazer de conta que sou uma mãe boazinha que nunca se enerva mesmo quando eles espalham pegadas de plasticina pelo corredor. Hoje posso ser má e falar com um tom de voz cavernoso. Hoje é aceitável chegar ao fim da tarde com o rímel esborratado e com o cabelo desgrenhado (o que só vem provar que as bruxas sempre foram mulheres bastante sensatas no que toca às prioridades de vida, dedicando-se mais ao estudo do que ao aprumo do visual).
Meus meninos, a ementa está preparada: sopa de ratazanas em sangue, pizza de aranhas e, à sobremesa, fantasmas de banana com gelado. Falta pendurar as teias de aranha, acender as velas e pôr a banda sonora do Les Revenants a tocar. Só faltam quatro horas para o pôr do sol, muahahah!

Depois, se eles não conseguirem dormir, o papá que vá aconchegar-lhes os cobertores.

5 comentários:

D.S. disse...

Estou já a antecipar as gargalhadas histéricas a ocultar o nervosismo da criançada e a excitação pelas surpresas que aí vêm. Acredito que o Halloween, se bem feito, pode ser tão ou mais fixe que o Natal em termos de magia infantil.

Melissinha disse...

Adoraria nunca ter visto Les Revenants para ver agora :)

Julieta disse...

Eu gosto do Halloween. Demorou a entrar no espírito mas agora acho giro e a data já nunca passa em branco.

gralha disse...

D.S., é muito giro mesmo, vale a pena.
Melissinha, estou desejosa que comece a segunda temporada, espero que seja no Inverno (é mesmo série de Inverno).
Julieta, como não gostar? Doces e a oportunidade de gastar a maquilhagem a passar de prazo.

Foi tão giro. Para o ano tiro férias para ter tempo para fazer bolachas e andar a bater à porta dos vizinhos com os miúdos.

DNC disse...

O ano passado também fizémos uma festa de Halloween em nossa casa. Os miúdos desenharam e pintaram abóboras, bruxas, esqueletos, morcegos, you name it :), que depois recortámos e colámos pela sala. E jantámos à luz de velas e com uma banda sonora à altura, gatos a miar, portas a ranger, cães a uivar e por aí afora. Foi muito giro, até o mais novo começar a chorar desalmadamente porque estava com medo e termos que acender as luzes e desligar a aparelhagem...
Este ano nem pensámos nisso :( Talvez quando o pequenino for mais velho.