14 novembro 2010

volto já

Agora preciso de arrumar as casa e reencontrar o sentido das coisas.

6 comentários:

sophia baunilha disse...

Está tudo bem gralha?
Espero que sim e boas arrumações, então.
Beijinho*

Melissinha disse...

Estarei torcendo por ti.

Vera Dias António disse...

Então até já! Ter "férias" faz bem a todos!

A mãe que capotou disse...

Sempre que encontro uma gralha calada nunca sei como interpretar ... então, estas a conseguir ?

Rita disse...

Acho que te compreendo. Também eu ando com a casa às costas há demasiado tempo. Estou numa fase em que estou a viver há quase 3 anos numa cidade que não é a minha. Não tenho ninguem de familia, não tinha nenhum amigo. Os meninos tiveram que deixar o infantario, as educadoras, os amigos e aqui recomeçamos tudo de novo. Tive que arranjar emprego e começar do zero. Agora que tenho já alguma segurança profissional, que a Margarida já está no 1º ciclo, que todos têm amigos, agora que já nos sentimos em casa, temos que nos preparar mentalmente para em Setembro do próximo ano, começarmos tudo de novo noutra cidade. Mais uma vez vou começar do zero em termos profissionais. Mais uma vez os meninos vão deixar para trás pessoas que são tão importantes para eles. Sabemos que vamos estar nesse sítio cerca de 2 anos e depois iremos deixar tudo novamente e aí iremos para um desafio maior, pois iremos para fora do país.
Enfim, as coisas não são fáceis e muitas vezes apetece-me pôr um ponto final nesta vida errante. Mas sei que o caminho não é por aí, por isso a palavra chave é aceitação. Tenho que aceitar que este é o meu percurso de vida, com o que isto tem de bom e menos bom. Não vale a pena fazer filmes. Basta ver o que é prioritário para nós. No meu caso, é a família e se para estarmos todos juntos temos que andar tipo saltimbancos... pois assim seja.
Desculpa o testamento. Acabou por ser um desabafo para mim também.
Beijinho e força
Qualquer coisa maila-me: rita.oliveira.costa@gmail.com

Rolando disse...

oi. tudo blz? é isso aí. hehehehe. muito bacana aqui. apareça por lá. abraços.