28 outubro 2010

um de cada vez

Sabe-me tão bem poder dedicar alguns dias a apenas um dos meus filhos! Um vai recambiado para a escola, o outro fica comigo, ou porque tem ranho, ou porque vou com ele a NY (como hoje), ou só porque sim. Todos os filhos deviam ter direito a estes dias de "filho único". E bem vi como o Gugas o gozou hoje, e como eu apreciei ter tempo para redescobrir as suas particularidades, tudo o que faz dele um rapazinho único.
Infelizmente (ou antes, felizmente, aleluia irmãos!) o que era doce acabou-se. Começo a trabalhar a tempo inteiro e definitivamente na próxima segunda-feira, juntando-me assim ao magote de mulheres que tentam conciliar trabalho e família. Sei que vai custar, mas até que enfim que vou voltar a conviver com adultos que não apenas os operadores de caixa de supermercado!

7 comentários:

Lebasiana disse...

como te entendo! também eu estou ansiosa por conviver mais com adultos! ;)

[hoje, ao fim da manhã vais "aparecer" no meu blogue... espero que não te importes!]

beijinhos nossos

Crente disse...

Ser mãe é uma alegria. Mas quando não temos um emprego, faltam as conversas adultas... Lembro-me que, quando tive o Mister, e por ser tão prematuro, optei por ficar o primeiro ano dele em casa. Soube bem, mas parecia que emburrecia de dia para dia ;) Quando voltei ao trabalho custou, mas soube bem.

A mãe que capotou disse...

Ter dois filhos unicos, às vezes, é bom, é verdade... às vezes.
Desejo-te boa sorte para o mundo dos adultos, eu estou ha 4 anos fora e ja comecei a desadultar-me. Ja não sei comportar-me em sociedade e temo ser irreversivel. Para mim ja é tarde demais, para ti ainda ha esperança, tens uma vida inteira à tua frente.
Boas pausas café.

Maria disse...

Boa sorte para esta nova etapa!

:)

Vera Dias António disse...

Desde que as aulas começaram que os fins-de-semana se têm revelado meio loucos mas têm permitido mais mimo e dedicação a cada um dos 3:
O mais velho passa os fins-de-semana com os avós paternos, que vivem mais longe de nós e com quem passava a maioria do tempo antes da escola. 6.ª vamos levá-lo e domingo vamos buscá-lo. Ele fica feliz com o mimo dos avós só para ele e os avós também;
O bebé passa parte do sábado com os meus pais, para que eu consiga fazer qualquer coisa em casa;
O do meio fica sozinho connosco, por opção não quer ficar com os avós e é vê-lo feliz da vida, até porque o do meio acaba por ser o mais "prejudicado" nisto de serem 3 irmaos em escadinha.
Chegamos ao domingo todas mais descansados e felizes, LOL!

Precis Almana disse...

Então parabéns!!!

Catarina disse...

é bom!
parabéns!
e coragem para este novo desafio!